Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fotografia e outros devaneios

Fotografias, e às vezes palavras, de Fernando DC Ribeiro

18
Jul07

Mai flô

 

.

 

(Variações sobre o mesmo tema)
 
Não era para ser esta, mas como não encontrei a outra, esta também serve.
 
Como não encontrei a outra, esta também serve, mas não era para ser esta.
 
Esta também serve, mas não era para ser esta, como não encontrei a outra!
 
Como encontrei a outra esta não serve. Mas também não era para ser esta.
 
 
O melhor será terminar!!!!!!!!!!!!!!!!!!  mas havia mais!
17
Jul07

Enferrujado

 

.

 

Também eu estou enferrujado, mas não é por estar à beira mar plantado, mas antes por estar entalado entre montanhas que chegam a esta altura do ano e não deixam respirar.
 
Também eu quero ir enferrujar à beira-mar. Preciso mesmo disso. Necessito mesmo isso e de umas bejecas bem “bobidas”, bem loirinhas, bem fresquinhas e de uns soninhos na praia… preciso mesmo de enferrujar à beira-mar.
16
Jul07

10.000 Olhares

 

.

 

Estou assim que nem posso!
 
Não sei se venda este blog e me ponha a andar para o Brasil (é o que toda a gente anda praí a dizer), não sei se fique, não sei se vá em frente para um lado ou para o outro, não sei se lhe mude o nome para blog da praça ou para blog das cadeiras ou das encarnações, não sei se meta nem tão pouco sei se tire.
 
Como estou em dúvida ou em dívida, também não sei, ou ambas as coisa, acho, penso eu, que vou continuar até aqui, ou melhor – até aqui mas por aí… quero eu dizer que o até aqui não é para ficar – aqui, mas para continuar como até aqui, ou seja andando.
 
Eia, eia e eia ô, com 4 ôs e um pau ao alto, não fosse eu transmontano onde o pau está sempre alerta ou então, não há como um bom estadulho com 4 ôs e já agora um barrete ou um chapéu a p&b, somos tristes!
 
Obrigado a todos pelos 10.000 olhares. Sei que por aqui somos poucos, mas fiéis. Obrigado também pela vossa fidelidade. Claro que vou continuar por aqui!
15
Jul07

Café Castelo

 

.

 

Ora aqui está um pouco de tudo daquilo que gosto. Café, do Castelo, da menina do café castelo, da companhia que está na esplanada e de mim, sim de mim, porque eu gosto de mim.
 
Pois hoje fica um auto-retrato de tudo que gosto, exceptuam-se as riscas azuis e brancas que são forças das circunstâncias.
Já agora também gosto de comentários, nem que seja só para ter o tal "fio de béque" para saber se um gajo "bai bem" ou não. Pensem nisso, mas mesmo sem eles, prometo continuar a dormir descansado e a comer a sopa toda!
14
Jul07

Linhas R

 

.

 

Sou um homem de paixões. Tenho muitas. Uma delas é minha paixão pelo érre |R|. As ondas R, por exemplo, fascinam-me, mas o que gosto mesmo é de Linhas R, horizontais, verticais, diagonais, perpendiculares ou não, paralelas ou divergentes, o que interessa é que sejam linhas e R.
 
Linhas, sempre linhas R.
 
Até logo. Vou dar uma curva!
13
Jul07

O velho Bill já não está para touradas

 

.

Desde que dei a cara no longínquo Abril dos anos 60 que há em mim esta afición por cavalos e nem sequer estranhei ver aqueles 7 pares de olhos a olharem para mim, afinal tinha nascido touro, puro touro, filho de touros e talvez seja por isso que esta minha afición se justifique em terras de Trás-os-Montes onde a afición não chega.
 
Hoje foi dia de tourada na capital, pena estar ainda tão longe…
 
Um abraço para o velho Bill que já não vai a lides mas que ainda sabe posar a sua serenidade para uma bela foto e, ai de quem disser o contrário!
 
Já agora se vir por aí sete gajos a correr em fila em direcção a si, não se assuste, pois são forcados.
11
Jul07

O Músico que nunca fui...

 

.

 

O que eu gostava mesmo, mas mesmo-mesmo, era de ser músico, um músico a sério e realizar o meu sonho de ser tocador de festas, banquetes e casamentos, com salas cheias de gente a comer e a beber e eu sozinho em cima de um palco improvisado a tocar a minha música e a fazer o meu concerto acompanhado do tilintar de talheres, pratos e copos, acabar o concerto e ir-me embora sem ninguém dar por isso… a minha mãe deve estar feliz comigo, por ter estes pensamentos sofridos que me levam direitinho ao céu… e triste, por ter passado ao lado de uma grande carreira, penso mesmo que… bem, pensando melhor já são confidências a mais e o melhor mesmo é terminar aqui.
09
Jul07

Apenas!

 

.

 

Apenas isto, branco, azul e verde e um céu sobre as nossas cabeças, que está sempre lá, apenas uma imensidão de universo, apenas isso, coisa pouca, afinal o que é uma imensidão de universo!? Verde primeiro, branco a seguir e azul depois. Acho sinceramente que vou morrer com isso – apenas.
07
Jul07

Paixões diferentes!?

 

.

 

Para compensar os dias que andei por aí perdido, hoje brindo-vos com mais cadeiras.
 
Não sei o que se passa comigo. Algo estranho como estranha é esta minha paixão por cadeiras. Bem que me podia apaixonar por outras coisas, mas não – são o raio das cadeiras, tantas que até chateiam. Elas vão, elas vêm. Estão num constante ir e vir e tal como se vão também se vêm! Coisas! Coisas estranhas, coisas que já começam a fazer a rotina dos dias e por isso chateiam e até imcomodam. Raio de paixões, quem as compreende!?
 
Mas hoje surpreenderam-me e vieram mais, muitas mais e até diferentes ao meu olhar. Disse-me quem sabe, que foi para se afirmarem pelo direito à diferença. Desiguais mas todas iguais, embora diferentes. Não percebi! Mas isso também não interessa!

Sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Comentários recentes