Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fotografia e outros devaneios

Fotografias, e às vezes palavras, de Fernando DC Ribeiro

09
Ago10

Pedra e poesia pois

 

.
Ora cá esta ela,
toda arrumadinha,
aparelhadinha, l
ado a lado,
uma após a outra,
desenhando curvas de ilusão,
desafiando as geometrias
mais complexas,
eu sei lá…
para um lado e para o outro,
lá vamos debitando os nossos passos,
apressados ou não sem quase nunca
nos darmos conta que são elas
que conduzem o nosso caminho,
aliás como em tudo na vida…
julgamos conduzir e somos conduzidos,
nem que seja por simples cubos de granito…
é a pedra!
Das folhas caídas e outros (possíveis) poemas,
hoje não vos falo
dou apenas forma de poema à prosa
pois
fartei-me de as aturar
(impingidas)
no tempo em que tudo
ainda era brincadeira…
Mas ái de alguém que diga que isto não é poesia!
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
eu sei que nem é poesia e a prosa até é fraca, mas às vezes basta a forma para criar a ilusão.

 

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

.

 

tudo depende da pedra!
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
dá-me gozo gozar assim.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
acabou, não há mais!
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
pedra por hoje!
.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Comentários recentes