Terça-feira, 15 de Junho de 2010

Geométrico

 

 

.

 

Infelizmente a minha fé anda muito por baixo…simplesmente deixei de acreditar e cada vez mais, tenho menos dúvidas, ou seja, sem fé, não duvido em duvidar de nada e também, as certezas são mais certas. Não duvido, por exemplo, que tudo termina com a morte e que para além dela, nada existe e, tenho pena de não acreditar em reencarnações, muito pena, pois gostaria de numa vida futura ser geométrico…talvez uma esfera, triangulo não por causa dos bicos, circunferência também não porque não gosto de andar à roda, quadrado muito menos porque é comum, desinteressante, monótono…penso que gostaria mesmo era de ser recta, ser todos os seus pontos e não ser nenhum, não ter início nem fim, tender para o infinito sem nunca o alcançar. Enfim, viver na eternidade sem ser eterno…que pena ter perdido a fé e saber que nunca irei ser geométrico…nem recta.

 

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 02:39
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De luis a 15 de Junho de 2010 às 03:25
Não sei como é que tens tanta paciência para blogues, deves perder imenso tempo com isto!
Mas tens aqui fotos muito boas, como esta, ou a da ponte.
Deixa lá essas crises, todos temos isso, e acredito com a idade se agravam porque o tempo vai esgotando. E ainda há gente que diz que não gostou de ter vinte anos... Quando um gajo tem vinte anos parece que tudo é possível e que o tempo não acaba.
Vamos aproveitar o que ainda temos e não o desperdiçar a pensar muito nisso porque é inútil.


De Fer.Ribeiro a 16 de Junho de 2010 às 03:12
Não é paciência, é andar aqui por gosto, agora quanto ao assunto das crises e idade, aí o assunto já é mais complexo. Não há crises, há certezas, escolhas, selecções, talvez a refinação do gosto, mas sobretudo, muitos devaneios que já não são sonhos. Também quanto à idade de juventude, não sou muito saudosista, isto é, penso que gostei de todas as idades de que tenho memória e todas elas têm as suas coisas boas e as menos boas, é assim (como se costuma dizer) como o vinho do porto - é sempre bom - mas dizem que com a idade, melhora, mas também (com a idade) as borras aumentam no fundo da garrafa...enfim, a vida é complexa mas podemos vive-la de maneira simples desde que vivida um dia de cada vez e tirarmos deles o maior gozo que pudermos.

Abraço


De allungare il pene a 21 de Junho de 2010 às 15:03
Este texto bonito. escrever é uma terapia natural que nos ajuda não só para lançar luz sobre os problemas, mas também para superar


Comentar post

.Para acompanhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Às cegas com uma nesga de...

. Sobre a calçada

. Um elogio ao equinócio da...

. Reflexos flavienses

. Nyc - Reflexos

. Devaneios Fotográficos

. Outros sabores à margem

. New Yorker

. Reflexos

. Amsterdam

.arquivos

. Julho 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.ligar a:

.Creative Commons

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

.Desde 09-01-07

.Estão a espreitar

online

.G+

blogs SAPO

.subscrever feeds