Segunda-feira, 7 de Junho de 2010

Puros devaneios

 

 

 

 

.

 

Não sei se já foi desmontada a teoria do Segismundo Fredo, sinceramente não sei porque não tenho andado por aí, mas desmontada ou não, é um facto que a nossa cabecinha estanca sempre no mesmo, não resistimos, chegamos mesmo a ser perversos, às vezes basta uma imagem para despertar todos os neurónios . Seja pelos condimentos, seja pelo cheiro ou pelos olhos, seja pelas cores, seja pelo picante ou simplesmente pelas curvas …seja qual for o pretexto caímos sempre no mesmo e quase nunca resistimos àquela delícia, toda ali juntinha, apertadinha, quentinha a fumegar e entalada entre as curvas ou simplesmente poisada num prato que nos tenta para em breves momentos, mais que saciar a fome, saciar o gosto e o prazer de breves momentos.

 

Ao ver esta imagem da bicicleta assim montada, veio-me à ideia o meu tempo de puto em que bicicletava por esse mundo fora e que, quando a fome apertava, regressava a casa ávido dos prazeres do prato que me esperava, tanto, que deixava a bicicleta ao deus dará conforme calhava…

 

Talvez o Segismundo, um amigo cozinheiro do tempo de tropa, tivesse razão quando dizia que para não resistirmos a um bom prato, e só poderia ser um bom prato, se nele estivessem os cinco sentidos – primeiro o olfato, depois a visão, o tacto, o paladar e por fim a audição…

 

Eheheh!.... e agora vou comer qualquer coisa, pois com esta conversa, fiquei com fome.

 

 

 

 


publicado por Fer.Ribeiro às 02:25
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De aumento seno a 8 de Junho de 2010 às 09:03
Parabéns! Fotos são realmente emocionante, e pode expressar sentimentos muito fortes. Bravo!


De cunha ribeiro a 12 de Junho de 2010 às 13:37
FERNANDO,

Cplega da TROPA?!!!

Parabéns pelo texto.

Posso colocá-lo em PARADA DE CORGO?


De Fer.Ribeiro a 12 de Junho de 2010 às 14:48
Força, afinal Parada também pertence aos meus tempos de tropa quando por lá passava de comboio e estava sempre à espera que um rosto conhecido estivesse apeado no apeadeiro.


Comentar post

.Para acompanhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Às cegas com uma nesga de...

. Sobre a calçada

. Um elogio ao equinócio da...

. Reflexos flavienses

. Nyc - Reflexos

. Devaneios Fotográficos

. Outros sabores à margem

. New Yorker

. Reflexos

. Amsterdam

.arquivos

. Julho 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.Creative Commons

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

.Desde 09-01-07

.Estão a espreitar

online

.G+

SAPO Blogs

.subscrever feeds