Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

Eu sei de um ninho

 

 

 

 

 

Ei sei de um ninho...

mas não vos digo onde está.

 

 


publicado por Fer.Ribeiro às 02:59
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Lá no alto

 

 

 

 


publicado por Fer.Ribeiro às 01:21
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

Redes

 

.

 

 

Cair na rede ou nas redes...

Quem não cai!?

A questão está, só, em saber cair…

 

 

 


 


publicado por Fer.Ribeiro às 02:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Junho de 2010

Reflexão com reflexos

 

.

 

Penso também ter direito aos meus momentos esquisitos

Por isso, entrei em período de reflexão

Assim, fotograficamente, só me ocorrem reflexos.

 

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 03:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Junho de 2010

Mão

 

 

 

Às vezes, uma mão no tempo certo,

pode fazer a diferença de uma vida.

 

 

 


publicado por Fer.Ribeiro às 02:54
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Junho de 2010

às vezes aconteciam sombras

 

.

 

Já há muito que sei que as sombras acontecem

Agradáveis quando o sol e o calor apertam

Artísticas se as virmos como tal

Mas também não esqueço

Que é nelas

Que os cinzentos se disfarçam…

 

Já lá vai o tempo em que as sobras aconteciam

E eu não sabia.

 

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 03:11
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Junho de 2010

Picos...ui

 

.

 

 

É preciso ser-se grande para conhecer as carícias de um pico...ui!

 

 


publicado por Fer.Ribeiro às 04:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 19 de Junho de 2010

Entre estes e os outros, prefiro estes...

 

.

 

Hoje apeteceu-me trazer aqui burros e encontrei estes no baú de imagens, não eram bem estes que queria … mas pensando bem, estes,  ainda merecem um click fotográfico e depois, também, nem por isso gosto lá muito dos outros…de pavões, ando eu farto o dia inteiro.


publicado por Fer.Ribeiro às 03:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

Para além do sonho, há o sonho!

 

.

 

O velho sonho já há muito que se cumpre – voar – até a lua deixou de ser assim tão distante e no entanto quase tudo continua como antes, só diferem as vistas e vemos melhor a nossa pequenez perdida por entre um rebanho de nuvens. O grande universo continua imenso, em nada se alterou. Alcançado o sonho, novos sonhos se desenham. Nunca saciamos, somos quase ingratos, queremos sempre mais…

 

Algures, por cima das Astúrias, os devaneios voavam sem lhe conhecer o gosto da liberdade de um voo meu. Nem Fernão nem gaivota, era conduzido apenas em mais um voo.

 

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 02:46
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Junho de 2010

A Flor da Pila

 

.

 

Haverá maior inocência que chamar a esta flor a “flor da pila”!?


 

Só mesmo mentes freudulentas verão na analogia mais que a inocência e a beleza de uma flor.

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 02:43
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Junho de 2010

Três variações sobre o mesmo tema

 

 

 

 

 

.

 

 

 

.

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 02:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 15 de Junho de 2010

Geométrico

 

 

.

 

Infelizmente a minha fé anda muito por baixo…simplesmente deixei de acreditar e cada vez mais, tenho menos dúvidas, ou seja, sem fé, não duvido em duvidar de nada e também, as certezas são mais certas. Não duvido, por exemplo, que tudo termina com a morte e que para além dela, nada existe e, tenho pena de não acreditar em reencarnações, muito pena, pois gostaria de numa vida futura ser geométrico…talvez uma esfera, triangulo não por causa dos bicos, circunferência também não porque não gosto de andar à roda, quadrado muito menos porque é comum, desinteressante, monótono…penso que gostaria mesmo era de ser recta, ser todos os seus pontos e não ser nenhum, não ter início nem fim, tender para o infinito sem nunca o alcançar. Enfim, viver na eternidade sem ser eterno…que pena ter perdido a fé e saber que nunca irei ser geométrico…nem recta.

 

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 02:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 14 de Junho de 2010

Hoje vou pela luz...

 

.

 

Penso que já vos falei aqui das linhas e da sua tendência louca em perderem-se no infinito, também já vos falei dos cheiros dos lugares, perfumes e odores, embora até nem seja (para mim) uma marca dos lugares, salvo raras excepções, principalmente de odores, as tinturarias de Fez, por exemplo, que coisa mais horrorosa, pior, só mesmo as doninhas fedorentas. Perfumes, isso sim, posso bem com eles, mesmo daqueles enjoativos que se dão em fumos e outras coisas orientais…enfim, penso que mais uma vez me vou ficar pela luz ou falta dela, aqui, até estava um bocadinho apagadinha. Definitivamente a luz, é ela - essa sim, tenho a certeza – que em mim faz a marca dos lugares. Ah! Já agora, um pouco de cor não lhe cai mal embora, também não desgoste do P&B, dependo dos dias. Detestar, só detesto mesmo os cinzentos na cor e na vida…

 

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 02:58
link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Junho de 2010

E = mc3 do Parque Central

 

.

 

Um momento despertou o click. São instantâneos, nunca pensados. Mais tarde, depois da imagem passar pelo baú do repouso, um dia, por uma razão qualquer surge-nos na memória, vamos à procura dela e finalmente descobrimos o que despertou o click…

 

E = mc3, a fórmula mágica da modernidade roubada a Einstein com que o e-commerce abriu novas vias de penetração…

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 03:41
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Junho de 2010

Tão longe aqui tão perto

 

.

 

Gosto de andar por lá…


Imune a tudo e a todos



Longe, mas afinal aqui tão perto.

 

 



publicado por Fer.Ribeiro às 03:05
link do post | comentar | favorito

.Para acompanhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Às cegas com uma nesga de...

. Sobre a calçada

. Um elogio ao equinócio da...

. Reflexos flavienses

. Nyc - Reflexos

. Devaneios Fotográficos

. Outros sabores à margem

. New Yorker

. Reflexos

. Amsterdam

.arquivos

. Julho 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.ligar a:

.Creative Commons

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

.Desde 09-01-07

.Estão a espreitar

online

.G+

blogs SAPO

.subscrever feeds