Sexta-feira, 28 de Março de 2008

O mestre chamado natureza!



.

Sou amante de arte, mas ainda nunca encontrei um artista como a mestria da natureza!

tags:

publicado por fr às 03:23
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Março de 2008

Apanhados em imagem, sem palavras!



.

Não acredito que uma imagem valha mais que mil palavras. A vantagem de não legendar uma imagem é,  a da imagem se transformar em poesia, ou seja, cada um lê nela o que quiser. Ao contrário, as palavras sem imagens, leva-nos às mais incríveis imagens do nosso imaginário. Imagens e palavras, limitam a liberdade do pensamento e da imaginação.


publicado por fr às 02:22
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Março de 2008

Boa Páscoa



.

Uma boa Páscoa para todos e como por aqui não há folares, deixo-vos um link para chegarem até ele : Folar de Chaves  - Bom apetite e, mais uma vez,

 

Boa Páscoa!


publicado por fr às 19:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 21 de Março de 2008

Madeira



.

Sabe bem, de vez em quando, rebuscar nos arquivos da memória.

tags:

publicado por fr às 03:04
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Março de 2008

...

 

.

 

E para compensar as demoras, ficam hoje 4 imagens. Apenas imagens e pormenores de uma cidade que também gosto.
.
.
.
.
.
.
tags:

publicado por fr às 13:15
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Março de 2008

Reflexões sobre o caminho...



.

Andava para aqui à procura das palavras para ilustrar o post. Como sempre quando as palavras me fogem, rendo-me à evidência da falta de inspiração e recorro à inspiração dos outros, dos poetas, que tão intensamente sabem pintar as palavras.

 

Peguei num dos meus poetas de cabeceira, mas não serviu. Peguei noutro, depois outro, mais um, mais outro… tudo palavras deprimentes…como são tristes os poetas e no entanto há momentos, dias ou talvez noites, em que só neles consigo beber qualquer coisa de racional. Definitivamente, hoje, não insisto mais em procurar inspiração nos poetas, mas já que perdi o meu tempo, ficam as palavras de um deles.

 

 

Sobre o Caminho

 

Nada

 

Nem o branco fogo do trigo

Nem as agulhas cravadas na pupila dos pássaros

Te dirão palavra

 

Não interrogues não perguntes

Entre a razão e a turbulência da neve

Não há diferença

 

Não colecciones dejectos o teu destino és tu

 

Despe-te

Não há outro caminho

 

Eugénio de Andrade

.




Tristes poetas!  Mas tristeza a sério e tristes a sério, daqueles tristes que são tristes, mesmo tristes, são os entendidos que gostam dos poetas tristes e que, de entre tantos, têm a triste ousadia de acasalar na poesia Eugénio de Andrade e Manuel Alegre. Tristes entendidos que não entendem que a tristeza dos poetas se faz num brilhante pôr-do-sol de dias que anoitecem ou, mais puro ainda, numa aurora que nos traz da longa noite e nos desperta a para a luz de uma nova vida.

 

Pois é meu caro amigo J., para além dos ingénuos, as bestas também dizem gostar do Eugénio.


publicado por fr às 02:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 11 de Março de 2008

Saudades de Sol na Praça




Já estou com saudades de sol na Praça do Duque.

Talvez as saudades até nem sejam de sol, mas antes do despir da roupa, de umas bejecas na esplanada de um fim de tarde, de uma tarde na praia, de uma sombra no campo... eu sei lá! e no entanto, gosto do colorido da calçada dos dias de chuva na praça. Porquê é que nunca se pode ter tudo!?

publicado por fr às 03:09
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Pelos meus barrosos...



.

Os de lá de baixo têm a mania que são Portugal, pois que o sejam, que fiquem com as sua portugalidade e com as suas postas de pescada, pois eu não troco o meu ser flaviense, a minha costela barrosã e a aguiarense, o ser transmontano, os ares galegos, o nosso frio até, por nada que seja mourisco, a não ser um bom vinho dessas castas.

.


.


É assim, tardo ou demoro em vir por aqui, mas quando venho, trago o que de mais puro e íntimo há em mim.

 

Hoje vieram-me as saudades do barroso, ou dos dois barrosos, porque se reivindicam dois como puros. O de Boticas e o de Montalegre. Pessoalmente o de Montalegre toca-me mais de perto ao coração. Uma costela é pouco, pois só por acaso sou flaviense. Avôs, mãe e irmãos, tios e primos, amigos também e muitos natais e momentos vividos em Montalegre, fazem de mim um flaviense barrosão. Tenho orgulho nisso e até sou a prova de que os palulas podem ser barrosões.

.


.

 

Do outro barroso de Boticas, não tenho costelas, mas tenho amigos e come-se bem e, não há maior felicidade que uma boa mesa rodeada de bons amigos, quanto ao vinho, também sabem importar do bô e sempre nos resta o dos mortos, pelo menos na tradição.

 

Hoje os meus devaneios fotográficos vão para os barrosos de Montalegre com o Deus Larouco, para Vilar de Perdizes onde “las ai”  pelo menos uma vez por ano, e para Carvalhelhos com ou sem cutout.

 

.

.


Até ao próximo devaneio fotográfico e, ainda bem que existem, para esquecer um pouco da realidade dos dias (actuais).

tags:

publicado por fr às 03:01
link do post | comentar | favorito

.Para acompanhar

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Às cegas com uma nesga de...

. Sobre a calçada

. Um elogio ao equinócio da...

. Reflexos flavienses

. Nyc - Reflexos

. Devaneios Fotográficos

. Outros sabores à margem

. New Yorker

. Reflexos

. Amsterdam

.arquivos

. Julho 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.ligar a:

.Creative Commons

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

.Desde 09-01-07

.Estão a espreitar

online

.G+

blogs SAPO

.subscrever feeds